Uma Palavra que se parte e quem a serve, partido está e em cada parte há um clamar por um reino que dentro fermenta. Assim começa o levedar da massa, das partes e do mundo.

«Ide por todo o mundo e anunciai o Evangelho a todas as criaturas»

(Mc 16,15)

Assim vive o leitor, ao proclamar a Palavra está ao serviço da fé e da Igreja, assim, ele mesmo deve experienciar e proclamar fielmente a Palavra, por forma, que esta Palavra seja cada vez mais uma realidade viva e vivenciada a partir do coração de cada Homem.

A Palavra é como que o alimento e resposta à silenciosa carência sentida pela frágil humanidade.

%d bloggers like this: