Foi assim que o padre Artur  relançou o desafio:

Hora de fazer do mundo uma casa para todos.

Uma Casa Comum. Gestos simples fazem revoluções, atingem o coração. Basta cruzar a rua, todos os meses, e entregar o papel no adro da Igreja. O papel principal na casa é teu. Com os fundos angariados, apoiamos a Escola da comunidade de Buba na Guiné, e continuamos a fazer deste mundo uma casa para todos.

E a cidade respondeu prontamente. Todos os meses enchemos um contentor. Neste mês, excecionalmente, houve duas recolhas extraordinárias.

Muito obrigada

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: