Sinfonia Nº 8 – Anton Bruckner

Anton Bruckner (1824 – 1896) foi um compositor, organista, teórico musical e professor de música austríaco que deixou uma obra essencialmente constituída por sinfonias, missas, um Te Deum e diversas obras vocais e corais. A sua música é considerada do romantismo tardio, não só pelo período em que foi escrita, mas também pelas suas características, recorrendo a formas clássicas, mas com harmonias inovadoras.

A sua oitava sinfonia, a última que deixou completa, é uma obra extraordinária a todos os títulos, desde logo pela sua duração (mais de uma hora e meia, na versão sugerida), mas também pela sua complexidade, intensidade, variação dinâmica e grandiosidade, que deixa no ouvinte uma sensação de profundo reconhecimento e reverência.

A versão sugerida, dirigida pelo maestro Sergiu Celibidache, um dos seus maiores intérpretes, põe em evidência todas as características referidas, tendo aquele afirmado que: “A oitava sinfonia de Bruckner é o pináculo da criação sinfónica”.

Na versão sugerida merece também uma chamada de atenção a atuação do percussionista (Peter Sadlo), impressionante pelo seu domínio técnico e visualmente arrebatadora.

António  Lima

Imagem de user18526052 em freepik.com

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: