No dia 30 de outubro, o grupo de jovens e a comunidade da paróquia de Espinho reuniram-se na igreja, uma vez mais, para a oração de Taizé.

Ao final do dia, a igreja encontrava-se pouco iluminada e ouviam-se os cânticos habituais deste momento de reflexão. Naquela noite, falamos sobre a nossa relação, enquanto cristãos, com o mundo e a religião. Falamos sobre a importância de preservar essa mesma relação com o nosso planeta, o “planeta de Cristo”, e sobre como não teremos um segundo. E nisso refletimos, também, aquando da adoração da cruz de Cristo, junto aos degraus do altar-mor. Como sempre, esta oração de Taizé foi mais um momento de reflexão sobre o nosso compromisso perante a fé e a religião católica e a nossa motivação em prosseguir de acordo com as mesmas, em continuar a acreditar e a manter essa relação criada com Deus e consolidada desde a primeira comunhão.

No nosso caso, que nos preparamos para o Crisma, esta oração torna-se um incentivo ainda maior a tal. É uma altura para pensar no que vamos continuar a fazer para participar ativamente na comunidade cristã e, eventualmente, corrigir o rumo que estamos a tomar. É uma forma de analisarmos o nosso percurso e justificá-lo com o caminho que realmente ponderamos e estamos decididos a seguir.

Esta oração de Taizé foi mais uma confirmação da nossa fé em Jesus e na Sua Igreja.

  Francisca Gomes

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: