Horta Comunitária

Um dia, já o ano passado,  o Sr Padre Artur Pinto falou-nos que tinha ideia de fazer uma horta, para que com os produtos nela produzidos, se desse uma ajuda à cozinha paroquial. Eu, sinceramente, ofereci-me, mas fazendo uma ressalva: não entendo nada de agricultura, mas podem contar comigo. O Sr Padre informou-nos que haveria uma pessoa que entendia (Sr Fernando) e nos orientaria. Quando começamos a trabalhar na referida horta, o entusiasmo era grande. Procedemos à plantação de vegetais como couve coração, couve galega, pencas, alho francês, feijão, abóboras… Que entusiasmados e contentes ficávamos quando olhávamos para o campo e víamos que o nosso esforço era compensado. Este ano continuamos com novas plantações e temos, dentro das nossas possibilidades, dado conta do recado. O sr Fernando, por motivos de saúde, só aparece uma vez por outra e vai dando umas dicas. Mas temos outra pessoa, a D. Conceição, que nos vai orientando. Somos várias pessoas que lutam contra as ervas  (na minha terra diz-se capim, sou angolano), que crescem assustadoramente. Temos recolhido bastantes legumes, que não servem só para a cantina social, mas também para os cabazes das famílias mais carenciadas. Agradeço a todos os que têm contribuído para que a horta seja uma realidade. O esforço de várias pessoas levou à concretização e à manutenção deste projeto. Sabemos que a horta não veio suprir as necessidades prementes do problema causado pela pandemia, mas tenho a certeza que atenuou um pouquinho o mesmo. Ao longo do tempo, foram-se multiplicando as famílias que solicitaram ajuda. Com a entrega e o trabalho de todos os intervenientes, principalmente do Sr. Padre Artur Pinto, temos tentado suavizar os problemas das famílias. Agradecemos a todos que entregam alimentos no Centro Pastoral. Agradecemos a todos os que colaboram connosco na horta ( José Oliveira, Conceição, Ana, Filomena, Virginia, Rui, Cecília, Antónia, Manuel Fontes e esposa, escuteiros, Joaquim Rocha  (que nos transporta o gerador, que nos permite regar) e ao dono do terreno. E um agradecimento especial, ao Sr Padre Artur por esta iniciativa que tem ajudado muitas pessoas carenciadas. Bem hajam

Hélder Costa , utente da cantina social 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: