Partilha grupo Visitadores

Introdução:

Estamos aqui reunidos, junto de Jesus, apesar de afastados uns dos outros, para pararmos um pouco e nos deixarmos encontrar com Ele em oração e adoração. Ele continua a vir ao nosso encontro porque quer o nosso bem, a nossa salvação. Este encontro com Jesus é para nos deixarmos iluminar pela sua vida e pela sua palavra… Ele está sempre connosco, escuta-nos e olha-nos com amor. Ao começar este nosso encontro com Ele, manifestamos a nossa alegria de O ter assim tão perto de nós.

Confiemos no Senhor porque ele é bom.

Sintamos agora a sua presença divina que nos invade e conforta.

Oração final:

  1. Deus, vinde em nosso auxílio.
  2. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.
  3. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo,
  4. Como era no princípio, agora e sempre.

Amém.

7 (min) de adoração e silêncio

Leitura:

Leitura do santo Evangelho segundo São Lucas Lc 9, 11b-17

Naquele tempo, estava Jesus a falar à multidão sobre o reino de Deus e a curar aqueles que necessitavam. O dia começava a declinar.

Então os Doze aproximaram-se e disseram-Lhe: «Manda embora a multidão para ir procurar pousada e alimento às aldeias e casais mais próximos, pois aqui estamos num local deserto».

Disse-lhes Jesus: «Dai-lhes vós de comer». Mas eles responderam: «Não temos senão cinco pães e dois peixes… Só se formos nós mesmos comprar comida para todo este povo». Eram de facto uns cinco mil homens. Disse Jesus aos discípulos: «Mandai-os sentar por grupos de cinquenta». Assim fizeram e todos se sentaram.

Então Jesus tomou os cinco pães e os dois peixes, ergueu os olhos ao Céu e pronunciou sobre eles a bênção. Depois partiu-os e deu-os aos discípulos, para eles os distribuírem pela multidão. Todos comeram a ficaram saciados; e ainda recolheram doze cestos dos pedaços que sobraram.

9 (min) de adoração e silêncio

Oração:

Senhor meu Jesus Cristo, que por amor dos homens estais noite e dia neste Sacramento cheio de compaixão e ternura, esperando, chamando e acolhendo os que vêm visitar-Vos, eu Vos creio presente no Mistério do Altar e, do abismo do meu nada, Vos adoro e Vos dou graças por todos os benefícios que me tendes dispensado, especialmente por me haverdes dado a Vós mesmo por meu alimento e a Vossa Mãe Santíssima por minha advogada, e por me terdes chamado a visitar-vos.

Bendigo hoje o Vosso amantíssimo Coração e tenho intenção de bendizê-lo por três fins:

 – Primeiro, em acção de graças por tão assinalado benefício;

 – Segundo, para compensar-Vos das injúrias que de todos os Vossos inimigos tendes recebido neste Sacramento;

 – Terceiro, para Vos adorar, com esta visita, em todos os Sacrários da terra, onde sois menos venerado e mais esquecido.

Recomendo-Vos as almas do Purgatório, as mais devotas do Santíssimo Sacramento e da Santíssima Virgem e, em especial, os meus queridos parentes e amigos defuntos.

Recomendo-Vos, também, os pobres pecadores. Uno, enfim, o meu querido Salvador, todos os meus afectos, aos do vosso amantíssimo Coração, e, assim unidos, os ofereço ao Vosso Eterno Pai, pedindo-lhe em Vosso nome, se digne aceitá-los por amor Vosso.

Amém.

2 (min) de adoração e silêncio

A necessidade da Adoração:

(Papa Francisco)

30 (min) de adoração e silêncio

Oração final:

  1. O Senhor nos abençoe, nos livre de todo mal e nos conduza à vida eterna.
  2. Amém.

 

Endereço do Filme no Youtube: https://youtu.be/FgIUtRkz_7M

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: