No passado domingo, dia 22 de julho, a Comunidade Paroquial de Espinho pôde celebrar a Missa Nova do Pe. Celestin Bizimenyera. Escutámos uma homilia que, partindo do Evangelho e do Salmo, ganhou um tocante cunho autobiográfico. Pudemos perceber que, no longo caminho que percorreu desde o Rwanda, sente que chegou até nós, oriundo de uma realidade de carência e de guerra, resgatado pelo Senhor.

consagraçao.jpg

Acolhido em Espinho a pedido do Bispo D. António Francisco, acompanhou quase sempre o nosso Pároco, Pe. Artur Pinto, durante o ano em que permaneceu junto de nós.  Por isso, a Comunidade se fez presente neste momento de grande alegria, vivido juntamente com a Mãe e Irmã do novo Sacerdote.

mae.jpg

Agradecendo as lembranças que carinhosamente lhe foram oferecidas, juntamente com estas palavras:

“Disse John Lennon: Quando eu tinha 5 anos, a minha mãe disse me que a felicidade era a chave para a vida. Quando eu fui para a escola, perguntaram me o que é que eu queria ser quando crescesse. Eu escrevi “feliz”. disseram me que eu não tinha entendido a pergunta, respondi-lhes que eles não entendiam a vida.

Padre Celestin seja feliz no caminho que escolheu, pois só assim  se vive”

deixou a promessa de, usufruindo da vertente positiva da tecnologia, estarmos sempre ligados. Espinho disse-lhe “até já”, brindando com um Porto de Honra, continuando a construir a Família que, como sublinhou, nos reconstrói.

celestin beijamao.jpg

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: